Páginas

domingo, 17 de junho de 2012

Uma nova moradora...

                                  Mel, uma cachorrinha do barulho...
 Há uns três meses atrás, logo quando nos mudamos de casa, apareceram na nossa rua duas cadelinhas vira-latas abandonadas, a nossa vizinha pegou uma pra criar e a outra ficava vagando pela rua, eu confesso que nem passou pela minha cabeça pegar essa cachorrinha, pois minha casa e meu jardim estavam virados de ponta cabeça com tudo pra arrumar, mudança, não é mole não!
Mas logo que meu filho viu a figurinha, começou a insistir pra criar, ele não pode ver um animal na rua, que quer logo trazer pra casa, mas só depois de muito insistir, fui vencida pelo cansaço e deixei, e aí está.
Quando levamos ao veterinário e foram feitos os exames, ela estava com anemia profunda, doença do carrapato e grávida, tá bom? Então meu filho que acho, vai ser veterinário, cuidou direitinho dela e enquanto isso, ela foi conquistando todos de casa, com seu jeitinho maroto e doce, daí o nome de Mel.
Agora vamos falar um pouco de como a Mel encontrou o jardim: Tudo estava ficando bonitinho, organizado e se encaixando, e ficou tudo tranquilo, durante um mês e meio, só tínhamos elogios, que cachorrinha mais educada, aprende tudo que ensinamos, que linda! E por aí vai, mas, minha gente, quando foi se aproximando o dia dos filhotes nascerem, ela começou a cavar todo o jardim, quem ver?
Viu só? tivemos que colocar telhas pra barrar a buraqueira, e quanto mais ela cavava, mais eu sofria, rsrs, me disseram que depois que os filhotes nascessem, ela iria parar, pois bem, os filhotes nasceram, graças a Deus, só dois, mas a Mel é uma cavadora, diminuiu muito, mas de vez em quando tem umas recaídas.
Mel curtindo seus filhotinhos, uma mãe super carinhosa, ficou valente, não quer gente estranha por perto, principalmente o Tupã nosso gatinho, de 6 anos, que já estava se acostumando com a casa nova, agora a Mel não deixa nem ele entrar, a sorte é que ele fica no ateliê
Tupã e Mel, quando tudo era paz e amor, eles conviviam muito bem, será que ainda vão voltar a se entenderem? Tomara...
Esta já foi morar com uma família bem legal, um amigo do meu filho a levou pra criar, lá ela está super mimada, e adorando o novo lar, a outra ainda está esperando um dono, pois já tem 2 meses e a mãe não quer mais amamentar, dá uma peninha, mas não podemos ficar com todos, né?

Bom gente, espero que vocês também tenham se encantado com nossa doce Mel.
Abraços e fiquem com Deus

13 comentários:

  1. Que fofa a Mel!!! ainda bem que ela ganhou um lar, tem tantos amiguinhos abandonados...uma tristeza. Lindo gesto! parabéns ao seu filho e a você.
    bjus!
    yves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yves, obrigada, o maior mérito é do meu filho, se não fosse por ele...não sei se teria pegado a Mel.
      Bjs!!

      Excluir
  2. Que aventura amiga!Mas no final tdo dá certo.
    Bjsssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, uma aventura e tanto,rsrs, agora é só se acostumar e tudo vai dar certo sim, obrigada.
      Bjus!!

      Excluir
  3. Oi Fátima ,eu imagino oque vc sentiu quando viu a mel cavando tudo da um raiva rsrs,mas fazer o que né ,ela é bem bonita ,mas ainda prefiro gatos,beijos bom inicio de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, sofri mesmo, rs, mas a gente acaba aceitando devido a lei do custo benefício, tb sempre gostei mais de gatos, agora nem sei mais,pois a cachorrinha tem carisma...
      Volte sempre, tá? adoro receber comentários.
      Bjs!

      Excluir
  4. Deus te abençoe por ter aberto sua casa e seu coração a essa menina,com tudo isso que ela vinha passando nas ruas,dificilmente ia sobreviver muito tempo.Tenha paciencia,ela vivia livre,se virando,agora tem que aprender a respeitar regras,logo logo ela aprende =)
    Castre logo essa mocinha,assim evita dela querer fugir de casa,dos machos ficarem no portão,evita cancer de mama e de utero,piometra,um monte dessas doenças feias.
    Parabens mais uma vez,que traga muita alegria na vida de vcs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla, adorei seu comentário, obrigada pela força! como falei o maior mérito foi do filhote, um amante dos animais, eu acabo sempre aceitando, rsrs, assim que der vamos castrar sim.
    Percebi que vc gosta e entende de cachorros, né?
    Fui conhecer seu blog, adorei, mas só consegui as páginas de 2010, não consegui as atuais.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns à família toda. Animais são as criaturas de Deus mais indefesas. No momento tenho quatro cães, encontrei todos na rua, uma delas estava atropelada. Eles nos devolvem muito amor e alegrias. Deus abençoe vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gloria Maria, obrigada, concordo com você, são muito indefesos e precisam muito do nosso olhar de bondade voltado pra eles, e com certeza vc tem esse olhar, pegar quatro na rua, e cuidar com amor, isso nos faz tão bem, parabéns

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. QUE FAMÍLIA ABENÇOADA POR DEUS! PARABÉNS AMO LER TUDO O QUE VC ESCREVE E FICO IMAGINADO.... É TÃO BOM!

    ResponderExcluir
  8. QUE FAMÍLIA ABENÇOADA POR DEUS! PARABÉNS AMO LER TUDO O QUE VC ESCREVE E FICO IMAGINADO.... É TÃO BOM!

    ResponderExcluir