Páginas

sábado, 22 de julho de 2017

Dedinho de moça (sedum morganianum)

Oi minha gente. Hoje venho mais uma vez com a suculenta dedinho de moça, e aproveito para falar um pouco sobre o seu cultivo.

São plantas perenes e de fácil cultivo, o substrato ideal é uma parte de terra de jardim, uma de areia de rio e uma de adubo, que pode ser húmus de minhoca ou outro de sua preferencia, para que tenha uma boa drenagem.
Pode ser cultivado à sol pleno e também a meia sombra, desde que tenha uma boa iluminação, como toda suculenta, não precisa de muita rega, bastando de uma a duas vezes por semana, dependendo do clima local. suporta o frio, mas não tolera geadas.
São de fácil multiplicação, através de suas hastes ou dedinhos, que logo começam a enraizar, suas flores são pequenas e na maioria rosas( as minhas ainda não deram o ar de sua graça) 
Como são plantas pendentes, ficam próprias para vasos suspensos, jardins verticais e vasos altos, acrescentando  beleza e deixando os jardins mais especiais.
Bom minha gente, por hoje é só, se alguém quiser saber algo mais, pode perguntar, terei o maior prazer em responder.
Obrigada à todos que sempre visitam o meu jardim e deixam seus comentários e também à todos que passam por aqui.
Abraços e fiquem com Deus.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Mini-jardins novos

Oi minha gente querida! Hoje estou voltando com mais mini-jardins, todos novos. e quando são novos, ainda estão em formação, prefiro plantar nos mini-jardins, plantas ainda menores, pois assim, irão se desenvolvendo de acordo com o tamanho do vaso.
Mini-jardim em vaso de cerâmica esmaltada, com piso de rejunte.
Quando plantamos a planta já crescida, pode ocorrer  de ela não ter espaço suficiente para o seu desenvolvimento e a planta estacionar.
pisos de rejunte para mini-jardins
Tenho recebidos e-mail e whatsApp com várias perguntas, e vou hoje tentar responder uma delas: Como cuidar das plantas suculentas para fazer mini-jardins?  Esse é um ponto em que ainda se tem muitas dúvidas, pois compram as suculentas lindas e começam a colecionar, mas depois de algum tempo, elas começam a ficar feias, e muitas acabam morrendo.
Só pra saberem, comigo também aconteceu e muito, quando comecei, mas como eu já estava apaixonada por elas, acabava comprando mais, e  não desisti.
Mini-jardim em vaso de cerâmica com cerquinha
O ideal é sempre ter um substrato com uma boa drenagem, a planta não pode ficar encharcada, faz a rega e só faz novamente quando o substrato estiver seco, para ter certeza, faz o teste do dedo, e sente se a terra secou, também pode enfiar um palito e ver se ele saiu seco.
.
Outro cuidado é quanto a iluminação, essas plantas adoram sol, e locais com bastante iluminação, perto de janelas, se ficam na sombra e sem luz, acabam definhando e morrendo.
Com o tempo o substrato fica sem os seus nutrientes, por isso é bom que se faça uma adubação a cada 2 meses, para os mini-jardins eu prefiro a liquida, para não mexer no formato deles, pode comprar nas casas de jardinagens e usar de acordo com as instruções, eu faço a minha assim: 200 ml de húmus de minhoca em 2 litros de água, deixa de molho de um dia para o outro, agita e coa, aí é só regar.
Então é isso o básico, dos cuidados que elas mais precisam, para que se desenvolvam bem. Depois volto com outros manejos e se alguém tiver dúvidas, pode perguntar nos comentários ou por e-mail, fatimajardins@gmail.com.
Bom minha gente, por hoje é só, espero ter tirado algumas dúvidas e ajudado um pouco a quem tá querendo cultivar e colecionar essas plantinhas.
Abraços e fiquem com Deus.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Jardinar

Oi minha gente querida! Quem gosta de jardinar? Acho que muita, mais muita gente mesmo gosta. Jardinar é ter contato com a terra, com o verde, plantar, cuidar, ver o seu desenvolvimento, esperar pelas flores, que veem, conversar com as plantas, esquecer dos problemas quando estiver com elas, enfim, é um contato que só  dá prazer.
Canteiro de cactos e suculentas
Há uma tendência hoje em dia, de curtir mais a natureza, de ter uma alimentação o mais natural possível, de fazer piquenique (aqui virou moda) de viver mais simples, é uma volta ao passado, em algumas coisas, que diante de tanta modernidade, sentimos falta.
Mesmo os mais jovens, muitos deles querem uma vida mais voltada à natureza, com hábitos mais saudáveis, como falei é uma tendência, claro que não é uma coisa generalizada, mas já tem um grande numero de pessoas, que de uma  forma ou de outra estão aderindo.
Cada dia mais se ouve falar de pessoas, que mesmo com pouco espaço, querem ter um pequeno jardim, uma pequena horta, e por falar em horta, é um dos cultivos que mais crescem, está cheio de sites ensinando como fazer horta em apartamento e em pequenos espaços.
Ter alguns temperos e legumes  mais saudáveis, que elas mesmo cultivem, só quem planta e colhe sabe o que é isso, pegar ali no jardim, no seu quintal, um tempero para o prato do dia, verduras para uma salada, é tudo de bom.
E então minha gente, vocês também estão nessa tendência?
Ou o ritmo de vida que levam não dá pra abrir mão do fast food, refrigerantes e comidas de restaurantes? Quero saber. 

Bom, termino por aqui, desejando um feliz mês de julho pra todos que passarem por aqui. 
Abraços e fiquem com Deus.
(Imagens do meu jardim é assim)

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Mix de cactos e suculentas.

Oi minha gente querida! O mix de plantas ao meu ver, é uma composição, a onde se agrupam variedades de plantas, que tenham as mesmas necessidades de cultivo e ainda fiquem em harmonia.
Devemos sempre destacar uma ou duas plantas, no caso de mix, eu acho que as plantas é que são a  principal atração, e os enfeites não seriam tão importantes assim, como eles são, por exemplo nos mini-jardins.
Saber misturar as cores é também de bom tom, mas tanto podemos combinar cores e texturas, como este acima, as folhas amarelas da mini-espada de São Jorge combinam com as flores do eu e tu na cor amarela.
Como também podemos fazer contrastes, (veja acima) onde predomina o amarelo, em contraste com as rosas sementes vermelhas do cacto.
Nesses mixs, usei na maioria mini-espadas, por achar que elas iluminam os arranjos, e também usei vasos maiores, com plantas maiores, ou que ainda possam crescer mais.
Os mixs são ótimas opções para varandas, postas em bacadas, ou pedais de ferro, e também para quem tem mais espaço, fazer uma exposição no seu jardim elegendo um cantinho em destaque e colocando um conjunto desses arranjos.
 Bom minha gente, esses foram alguns exemplos de mixs, no caso de com cactos e suculentas, mas podemos fazer com outros tipos de plantas também. Espero que tenham gostado.
 Obrigada à todos que sempre visitam o meu jardim, adoro!
Abraços e fiquem com Deus.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Outras plantas do meu jardim.

Oi minha gente querida! É verdade que os cactos e as suculentas são as plantas que mais cultivo e as que mais mostro na postagens. Mas tenho outras plantas que já faziam parte do jardim, e hoje vou mostrar algumas pra vocês.
Este vaso acima tem duas especies de caládios, e já estão comigo à bastante tempo, suas folhas são a grande atração, coloridas e com estampas graciosas,  são multiplicadas através dos seus bulbos, e sua característica principal é que passa por um período de dormência e perde todas as folhas, e depois de um certo tempo começa um novo ciclo e as folhas vem cada vez mais bonitas,
O bougaivillea ou primavera, no vaso, também faz muito tempo que tenho, adora sol, e a cada dois meses coloco pó de osso e NPK. Sempre que termina uma florada, o ideal é fazer uma boa poda pra estimular novos brotos e novas floradas.
Esse vaso com boa noite pendente é bem generoso nas floradas, vive assim cheio de flores, é super rústica e não precisa de muitos cuidados.
As mini-lacres acima são plantas que vivem cobertas de flores, gostam de sol pleno, e como a primavera, necessitam de adubo a cada dois meses e de podas para estimular florada e também poda de formação para manter o formato desejado.
Essa bougainvillea é uma especie de bonsai, já tem uns 10 anos, e a esperança é que um dia se transforme num lindo bonsai.
Tem também a pata de elefante, que já foi muito tempo plantada em vaso e agora plantamos no chão, ela sentiu um pouco, mas já está se recuperando.
Bom minha gente, tem outras, mas depois mostro, não encontrei as fotos, mas a maioria estão aqui, tem as trepadeiras, que estão ainda crescendo, e o resto são frutíferas.
Por hoje é só, abraços e fiquem com Deus.


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Enfeites para mini-jardins.

Oi minha gente querida! Hoje venho com alguns enfeites que aprendi a fazer, tive que aprender devido mesmo a necessidade, pois  por aqui não tenho achado nada ou quase nada em miniatura pra comprar.
Esses cogumelos acima já são dos que estou fazendo, foram feitos com durepoxi, modelando e escupindo, depois de secos, faz a pintura, a parte que mais gosto.
Já os bancos e os cogumelos maiores fiz com rejunte, tipo como faço com os pisos, também na base da modelagem e escupindo, por enquanto faço assim, mas já tô vendo como fazer com moldes.
Aqui acima, ainda sem a pintura, esses banquinhos gosto muito de usar nos mini-jardins maiores, preciso fazer uns menores ainda para os pequenos.
A casinha amarela faltando só a pintura da porta e janelas, fiz com durepoxi, e os outros enfeites são comprados, super garimpados, só as casinhas de barro, a mesinha e cadeiras, tem um artesão que faz  pra mim, em Cascavel, cidade próxima à Fortaleza.
Olha aí a casinha já pronta enfeitando o mini-jardim, esse piso também fiz com rejunte, e o ninho de pássaro, tá vendo ? Fiz com sinzal e cola quente.
Um enfeite faz toda diferença, né? Os cogumelos são ótimas poções, e agora eu uso e abuso deles, pois faço do tamanho que preciso.
Então minha gente é isso, tenho aprendido a fazer vários enfeites para os jardinzinhos, é sempre bom tá tentando fazer algo novo, e eu que trabalhei muitos anos como estilista, sinto falta de tá criando coisas novas, isso me move, sabe, não importa se são enfeites, ou outra coisa qualquer, o importante é se mexer.
E aí, vocês gostaram? Espero que sim, eu gosto muito de fazer, é uma terapia, esqueço até do tempo, quando vejo já tá de noite (risos)
Deixo um abraço e um muito obrigada à todos que passarem pelo meu jardim.
Fiquem com Deus.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Terrários de cactos e suculentas.

Oi minha gente querida! Ando de amores por terrários, nem sei por que fiquei tanto tempo sem fazer,  eles nos dão muitas opções de criação e é muito divertido de fazer.  Hoje vou mostrar alguns que fiz e um modo pratico de como montar.
Vamos ver a montagem, eu faço desse jeito:
Faço uma cama com pedriscos, pego potinhos de manteiga ou iogurte, (vai variar de acordo com o tamanho do terrário) coloco o substrato para plantar as mudinhas, desse modo elas ficam dentro do vasinho e a terra não vai se misturar com as pedras que vão servir de acabamento.
Para colocar o pote com as plantinhas dentro do vidro, usei fitas e fui deslizando pra dentro, centralizando e depois é só puxar as fitas.
Ai estar, depois de colocar a planta dentro do terrário, o próximo passo é fazer o acabamento.
Para que cubra todo pote  de manteiga, com o auxilio de uma folha de papel vá colocando aos poucos as pedrinhas, rodando o vidro, até cobrir tudo.
Usei pedriscos cinza, rosa e branco,  depois é só regar duas vezes por semana, dependendo do seu clima.
Esses potes de vidro não são os ideais para se fazer terrários, pois são muito grossos e atrapalha um pouco a visão das plantas, aqueles mais finos e transparentes são os mais apropriados para esse fim, mas como esses potes estavam sem uso, pois as suas tampas tinham se quebrado, aproveitei assim mesmo. 
Já desse tipo são mesmo para se fazer terrários, comprei alguns, e aos poucos vou fazendo, também usei o mesmo método de plantar as mudinhas nos potinhos, neste foram três potinhos pequenos, depois coloquei pedriscos e por último fiz uma cobertura com musgo, também um excelente acabamento, além de ficar bonito, também serve para manter a plantinha por mais tempo sem regar.
A dica principal para se manter os terrários sempre bonitos, é não deixar ao sol, somente a claridade é o suficiente para que eles se mantenham bem, as regas, já que fiz furinhos nos potinhos e deixei uma camada de pedriscos para receber a drenagem, aqui eu rego duas vezes por semana, mas se o seu clima for mais frio ou mais úmido, ai acho que uma vez por semana ou mais dias.
Bom essa é uma forma de fazer terrários e eu acho uma das melhores, a grande maioria faz mesmo com as plantas soltas, e ficam também bacana, mas assim a vantagem é que o terrário fica sempre com o aspecto de novo.
Bom minha gente por hoje é só, agradeço a visita de todos que sempre passam pelo meu jardim, adoro!!
Feliz dia dos namorados, ou melhor noite dos namorados, com muito amor e carinho.
Abraços e fiquem com Deus.